notícias

03.11.2016
09 de novembro – Aula Aberta sobre Trabalho Escravo – Juiz Jônatas Andrade

A Escola da Cidade recebe na quarta-feira, 09 de novembro, às 18h, o juiz Jônatas Andrade, para debater o tema ‘Grande obras e trabalho escravo’, com mediação da advogada Juliana Armede.

O encontro faz parte da Série Contracondutas, promovida pelo Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea da Escola da Cidade. O ciclo de palestras, que se estende até 30 de novembro, visa discutir temas e questões relativas ao trabalho análogo ao escravo.

Jônatas Andrade falará sobre a situação atual do trabalho e das relações de trabalho em algumas porções da Amazônia Brasileira, no contexto de expansão da fronteira urbana e das obras de infraestrutura que, há cerca de uma década, redesenham a geografia regional. Andrade analisará o combate à exploração e ao abuso, pelo prisma do poder Judiciário.

A atividade acontece na Escola da Cidade (Rua General Jardim, 65 – 3º andar). Não é necessária inscrição.

SOBRE O CONVIDADO

Jônatas dos Santos Andrade é juiz há dezesseis anos, cinco dos quais como titular da 2ª Vara Federal do Trabalho de Marabá. Foi nomeado, pelo Conselho Nacional de Justiça, membro do Comitê Executivo Nacional Judicial de Enfrentamento à Exploração do Trabalho em Condição Análoga à de Escravo e ao Tráfico de Pessoas.

 SOBRE O SEMINÁRIO

O Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea acontece na Escola da Cidade sempre às quartas-feiras, às 18h. Trata-se de uma atividade de debates públicos buscando, desde a sua criação, construir um saber integrado e amplo em conexão com as questões mais candentes do presente. Por meio de tais encontros, a Escola da Cidade acredita consolidar sua presença na esfera pública nacional e participar da vida intelectual contemporânea.

Pensado como atividade didática regular, destinada aos alunos da Escola da Cidade, o Seminário é, no entanto, aberto a todos os interessados. Não é necessária inscrição prévia.

SOBRE O PROJETO CONTRACONDUTAS

O Projeto Contracondutas se origina de uma atuação do sistema de justiça do trabalho dentro das ações de combate e erradicação do trabalho análogo ao escravo na construção do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em 2013. Com a aprovação do Ministério Público do Trabalho, a Associação Escola da Cidade ficou encarregada de elaborar um projeto amplo e público que buscasse problematizar, difundir e transformar o conhecimento e a realidade do problema-enfrentamento nesse procedimento de justiça a partir de uma abordagem sobre a questão do trabalho análogo ao escravo na contemporaneidade.

Com duração de um ano (maio de 2016 a maio de 2017), o projeto Contracondutas foi idealizado por uma equipe interdisciplinar de profissionais e opera como dispositivo que atravessa diversas atividades didático-pedagógicas da Escola da Cidade – tais como o Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea, o programa de Estágios de Pesquisa Científica e Experimental –, ao mesmo tempo em que incorpora e provoca indagações acadêmicas, jornalísticas e artísticas, projetando-se em direção ao debate público do tema e impactos na cidade, nas relações sociais, na ocupação do território, nos fluxos migratórios, nas políticas públicas e nas produções culturais.

O projeto conta com uma página on-line onde estão concentradas todas as atividades desenvolvidas, ações em andamento e programação completa de atividades. Clique Aqui e acesse

 

Serviço

Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea / Escola da Cidade
Jônatas Andrade – ‘Grande obras e trabalho escravo’
 

  • Data: 09/11/16 (quarta-feira)
  • Horário: 18 horas
  • Local: Escola da Cidade (3º andar) – Rua General Jardim, 65

cartaz