notícias

03.11.2016
18 de novembro – Lançamento de Livro sobre Panorama da Arquitetura Chilena

A Escola da Cidade, em parceria com Ediciones Puro Chile, e com o apoio do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento São Paulo (IAB-SP), promove o lançamento do livro “Blanca Montaña. Arquitectura en Chile”, considerado o atlas da arquitetura chilena, no dia 18 de novembro (sexta-feira), às 18 horas.

O lançamento, que acontece no IAB-SP (Rua Bento Freitas,306), será precedido de uma palestra e roda de conversa com os arquitetos chilenos Sebastián Irarrázaval e Pablo Talhouk, com a editora Claudia Pertuzé e contará com a mediação do arquiteto e professor da Escola da Cidade, Mario Figueroa.

Blanca Montaña. Arquitectura en Chile” é uma coletânea de obras publicada por Ediciones Puro Chile e integra uma coleção de cartões postais que reúne as melhores obras de arquitetura recente, para mostrar ao mundo a riqueza da cultura arquitetônica contemporânea chilena, onde o extraordinário é parte da vida cotidiana.

A publicação apresenta um panorama através da retrospectiva de um período altamente prolífico, onde o Chile, após existência marginal constante, rompe com a arquitetura mais interessante e original de todo o continente americano. Ao longo de mais de 500 páginas, são apresentados os marcos mais relevantes da história da arquitetura contemporânea chilena, mostrando como ela nasceu e se desenvolveu na paisagem, distinguindo-se pela força propositiva das últimas gerações, fruto de uma economia estável e de uma sólida estrutura acadêmica.

A produção do livro consumiu três anos de trabalho buscando, na sua qualidade, não deixar nenhum detalhe esquecido: o trabalho de edição de Miquel Adriá é acompanhado pelos textos dos professores e pesquisadores Horacio Torrent e Pablo Allard que servem de apresentação e contextualização das 125 obras selecionadas de 60 reconhecidos escritórios de arquitetura, desde José Cruz Ovalle, Germán del Sol, até representantes das novas gerações, como Cecilia Puga, Smiljan Radic, Pezo von Ellrichshausen, Mathias Klotz, Alejandro Aravena, Sebastian Irarrázaval, Pablo Talhouk, entre outros.

O lançamento contará com uma palestra dos arquitetos Sebastián Irarrázaval e Pablo Talhouk, que apresentarão suas obras no Chile e como tem evoluído a arquitetura chilena nos últimos 20 anos. Haverá também a participação de Claudia Pertuzé, Diretora da Ediciones Puro Chile, que realizará uma introdução da publicação. O encontro será mediado pelo também chileno Mario Figueroa, arquiteto e professor da Escola da Cidade, e autor de uma das obras incluídas no livro.

A apresentação de ‘Blanca Montaña. Arquitectura en Chile’’ no Brasil é promovida pela Ediciones Puro Chile, em conjunto com a Escola de Cidade e o Fondo Nacional de la Cultura de las Artes del Gobierno de Chile.

CONVIDADOS

Sebastián Irarrázaval. Vive e trabalha em Santiago do Chile. Arquiteto com mais de duas décadas de atividade e uma formação profissional sólida. É um dos mais proeminentes arquitetos chilenos, tanto no Chile como no exterior. Seus projetos vão desde casa unifamiliar até edifícios de escritórios e hotéis. A abordagem para a concepção de seus projetos combina teoria e prática, com três abordagens simultâneas, que são a relação com o solo, as circulações como primeiro fim e a construção como reflexo de um território, aspectos que são claramente visíveis em projetos, como o Hotel Indigo Patagonia, a Escuela de Diseño da Universidad Católica, Casa Oruga ou projeto de pavilhão temporário dos primeiros 120 anos, da Fundação da Escuela de Arquitectura da Universidad Católica de Chile. Seus trabalhos foram expostos em várias mostras, como a UIA em Barcelona, no Colégio de Arquitetos da Catalunha, GSD em Harvard e as Bienais de Arquitetura de Santiago, Ibero-americana e Roterdã. Em quatro ocasiões representou o Chile na Bienal de Veneza.

Pablo Talhouk. Vive e trabalha em Santiago do Chile. Graduado em 2000 pela Universidad Central de Chile, obtendo o premio de melhor projeto de título de sua geração. No ano de 2002, junto com Antonio Polidura, criou Polidura + Talhouk arquitectos, onde trabalhou como sócio até 2013. Em 2014, fundou Talhouk + Arquitectos Asociados, escritório dedicado à criação de ideias e desenhos de projetos.

Claudia Pertuzé. Vive e trabalha em Santiago do Chile. Publicitária, com menção em Marketing e Criatividade pela Universidad Diego Portales. Mestre em Marketing Comunicacional em Berkeley, E.E.U.U. Gestora cultural, fundadora e diretora executiva da Ediciones Puro Chile, editora dedicada a resgatar e promover a arte e a arquitetura chilena contemporânea ao nível nacional e internacional. Entre suas principais publicações se destacam Copiar el Edén. Arte Reciente en Chile, livro sobre os últimos 30 anos de arte contemporânea de vanguarda do Chile, que foi apresentado e distribuído nos principais circuitos mundiais, incluindo Tate Modern de Londres, MAM São Paulo, NYU Nova York, Mori Art Museum Tóquio, Bienal Veneza, MACBA Barcelona. Blanca Montaña. Arquitectura en Chile, uma seleção das obras mais representativas da arquitetura chilena contemporânea da publicação nos últimos 20 anos que têm sido apresentados em locais importantes da América Latina, EUA, Europa e Ásia, como o Museo de Tamayo (México), Museo de la Cultura de Perú (Peru), Espacio Odeón (Bogotá), Bienal Shenzhen (China), Aedes (Alemanha), entre outros. A segunda edição de Blanca Montaña. Arquitectura en Chile foi publicada em conjunto com a editora Hatje Cantz.

Mario Figueroa. Nascido no Chile, vive no Brasil desde 1975. Arquiteto formado pela PUC de Campinas (1988), tem Doutorado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2002). Premiado em 20 concursos de arquitetura e urbanismo (entre eles dois internacionais e seis primeiros prêmios). Em um destes concursos internacionais, em 2007, associado a Carlos Dias e Lucas Fehr, obteve o primeiro lugar para o Museu da Memória e o Centro Matucana, em Santiago do Chile. Seus croquis para a criação deste importante museu chileno fazem parte, desde 2011, da Coleção de Arquitetura do Centre George Pompidou em Paris (França). Professor visitante e conferencista em distintas instituições no Brasil e no exterior (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, México e Panamá). Foi professor na FAU Mackenzie por 21 anos (1993 a 2014), coordenou o Curso de Arquitetura e Urbanismo da FAAP de 2013 a 2015. Atualmente é professor na Escola da Cidade (desde 2006). Foi sócio fundador do Estúdio América (2007-2011) e, no início de 2012, associado à Letícia Tamisari criou a FIGUEROA.ARQ.

161027_blanca_montana