notícias

30.09.2015

“ERA O HOTEL CAMBRIDGE” é premiado em Festival Internacional de San Sebastian

O filme Era o Hotel Cambridge, com direção de Eliane Caffé e produção da Aurora filmes, resultado de um coletivo formado pelos Movimento dos sem teto, um grupo de refugiados e 21 alunos da Escola da Cidade, ganhou no último dia 23 de setembro o prêmio ‘Cinema em construção’, no 63º Festival de San Sebastián, na Espanha, destinado a impulsionar projetos em fase de pós-produção.

“Era o Hotel Cambridge” superou o chileno ‘Aquí no ha pasado nada‘, de Alejandro Fernández Almendres; ‘La emboscada‘, coprodução argentino-uruguaia, de Daniel Hendler, e ‘Princesita‘, de Marialy Rivas, produzido por Chile, Argentina e Espanha. Também disputavam o prêmio o chileno-argentino ‘Rara‘, de Pepa San Martín, e ‘Sobrevivientes‘, dirigido por Rober Calzadilla e produzido por Venezuela e Colômbia.

Clique aqui e assista a premiação. O momento em que a diretora Eliane Caffé recebe o prêmio acontece aos 8:45 minutos.

Cinema com Arquitetura
O longa-metragem é uma ficção cujo tema é a convivência entre os moradores sem teto e os refugiados em uma ocupação num abandonado hotel no centro da cidade de São Paulo. O filme foi rodado em dezembro de 2014 e está em fase de finalização.

A diretora Eliane Caffé optou por processos colaborativos de criação entre a direção do filme, o movimento de luta por moradia FLM / MSTC, os refugiados e a Escola da Cidade. Um delicado exercício entre as fronteiras da arquitetura e do cinema, tanto na execução do filme como na trama do roteiro. A diretora de arte Carla Caffé convidou 21 alunos da Escola da Cidade e o professor Luís Felipe Abbud para desenvolver a arte do filme. Durante seis meses os alunos conviveram intensamente na ocupação e após entenderem o movimento, o edifício e suas particularidades, desenharam os cenários que foram executados de modo a também equipar as áreas comuns da ocupação.

Clique aqui para assistir primeiras imagens do filme

Estudantes da Escola da Cidade envolvidos no projeto:

Debora Filippini Beatriz Doria Ana Mendes
Glauber Triana Bruna Souto Bruno Buccalon
Gabriel Biselli Gabriela Gonzales Fernanda Collejo
Ligia Zilbersztejn Julia Park Johanna Miklos
Luis Eduardo Abreu Laura Pappalardo Laura Aparicio
Manuella Leboreiro Marian Von Bodegraven Naiara Abrahão
Victoria Coelho de Menezes Victor Hugo Pissaia Raquel Pavaneli

 

era_cambridge

24.09.2015

30 de setembro – Roda de Debates ‘São Paulo Meeting: Planning by Conflicts’

A Escola da Cidade promove no dia 30 de setembro (quarta-feira), das 18h30 às 21 horas, roda de debates como parte da programação do São Paulo Meeting: Planning by Conflicts, organizado pela Professora Paula Koury (tendo a Universidade São Judas Tadeu como articuladora e local de mesas e workshop), além de outras instituições envolvidas, dentre elas a Escola da Cidade, University of Texas, IAU-USP São Carlos, Hafencity University de Hamburgo.

A roda contará com participantes de movimentos sociais, sobretudo por moradia, professores universitários, instituições, arquitetos e outros profissionais envolvidos com os movimentos sociais. A ideia é refletir sobre os entraves atuais na produção da habitação, entendida num sentido abrangente, como produção da cidade, tendo de pano de fundo a qualidade do Habitat como parte dos Direitos Humanos e Sociais.

A roda de debates, articulada na Escola da Cidade pelo grupo Habitacidade, plataforma associada ao curso de Pós-Graduação lato sensu Habitação e Cidade, será mediada (a partir de princípios da chamada transmediação) pelo professor Luis Octavio de Faria e Silva. O evento fará parte do curso Habitação e Cidade, contando com seus professores coordenadores Ruben Otero e Maria Teresa Fedeli, além do mediador Luis Octavio.


SERVIÇO

  • Data: 30/09/15 (quarta-feira)
  • Horário: 18h30 às 21h
  • Local*: Escola da Cidade (Rua General Jardim, 65)

*Caso seja necessário, será utilizado o teatro da Aliança Francesa, a 50 metros da Escola da Cidade (na portaria da Escola será informado o local definitivo a partir das 18h, em função de número de participantes e condições atmosféricas).

 

Clique aqui para fazer o download da Programação Completa do Evento

23.09.2015

Associação Escola da Cidade é declarada Utilidade Pública Federal (UPF)

Em julho, a Associação Escola da Cidade foi declarada Utilidade Pública Federal (UPF), título concedido pelo Ministério da Justiça, que garante o reconhecimento da União aos relevantes serviços prestados pelas associações e fundações sem fins lucrativos constituídas no País, que servem desinteressadamente à sociedade. A posse do título confere prestígio e credibilidade, na medida em que pode ser considerada prova do reconhecimento oficial dos serviços prestados pela entidade.

A regulamentação da concessão do título de utilidade pública federal tem por fundamento teórico o entendimento de que se trata de um meio de que o Governo se vale para apoiar entidades privadas que prestam serviços necessários à coletividade, como a assistência social, o atendimento médico, a pesquisa científica e a promoção da educação e da cultura.

Dentre os benefícios e vantagens federais, constam a possibilidade de receber doações da União e de suas autarquias; possibilidade de, para fins de cobrança de imposto de renda, o doador (pessoa jurídica) deduzir da renda bruta as contribuições feitas às entidades declaradas de utilidade pública; possibilidade de realizar sorteios com autorização do órgão arrecadador Federal, e imunidade fiscal.

As entidades reconhecidas como Utilidade Pública Federal apresentam relatórios circunstanciados dos três anos antecedentes à formulação do pedido, e se comprometem a seguir as atividades que a fizeram UPF.

17.09.2015

24 de Setembro – Palestra sobre narrativas na arquitetura contemporânea latino-americana

FILTROS:

A Escola da Cidade promove no dia 24 de setembro, quinta-feira, às 14 horas, palestra sobre Narrativas na arquitetura contemporânea latino-americana, com os editores executivos da Revista PLOT Brasil e Argentina. Gratuito e aberto ao público. (mais…)

23 de Setembro – Aula Aberta com Alfredo Bosi

A Escola da Cidade  recebe na quarta-feira, 23 de setembro, às 18h, Alfredo Bosi, professor universitário, crítico e historiador de literatura, para a aula aberta “Cultura ou Culturas Brasileiras”. A atividade faz parte do programa de Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea da Faculdade e acontece no Teatro Aliança Francesa (Rua General Jardim, 182). Não é necessária inscrição. (mais…)

Curso Livre – Confrontos [ideias e práticas urbanísticas] – 2ª Edição

A Escola da Cidade promove em outubro e novembro, a segunda edição do curso livre “Confrontos [ideias e práticas urbanísticas]”, organizado pelos arquitetos Hugo Serra e Pedro Vada. Inscrições abertas. Vagas Limitadas

(mais…)

10.09.2015

16 de setembro – Aula aberta com Luiz Felipe de Alencastro

A Escola da Cidade recebe na quarta-feira, 16 de setembro, às 18h, Luiz Felipe de Alencastro, cientista político e historiador, para a aula aberta “Tabuleiro Global 2: Hemisfério Sul”. Esta é a segunda aula que Alencastro ministra na Faculdade, dentro do programa do Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea da Faculdade. O encontro acontece na Escola da Cidade (3º andar). Não é necessária inscrição.

(mais…)

Rio de Janeiro: 23.09 Lançamento de livro sobre Glauco Campello

A Editora da Cidade, da Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (SP) lança no Rio de Janeiro, em 23 de setembro (quarta-feira), às 18 horas, o livro ‘Glauco Campello: Caderno de Arquitetura’, que apresenta a obra e trajetória deste importante arquiteto brasileiro, que iniciou sua carreira na construção de Brasília e segue atuando no século XXI.

(mais…)

08.09.2015

09 de setembro – Aula Aberta com Luiz Felipe de Alencastro

A Escola da Cidade recebe na quarta-feira, 09 de setembro, às 18h, Luiz Felipe de Alencastro, cientista político e historiador, para a aula aberta “Tabuleiro Global 1: Hemisfério Norte”. Esta é a primeira das duas aulas que Alencastro ministrará na Faculdade. Na próxima semana, o convidado abordará o Hemisfério Sul. A atividade faz parte do programa de Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea da Faculdade e acontece na Escola da Cidade (3º andar). Não é necessária inscrição.

(mais…)