notícias

23.10.2016
26 de outubro – Aula aberta com Antonio Negri e Alberto Acosta

A Escola da Cidade, em parceria com a Biblioteca Mário de Andrade e a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH – USP) promove na quarta-feira, 26 de outubro, às 18h30, a aula aberta Multidão e bem viver”, com o filósofo italiano Antonio Negri e o economista equatoriano Alberto Acosta.

A atividade faz parte do programa do Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea da Faculdade e acontece no auditório da Biblioteca Mário de Andrade (Rua da Consolação, 94). Não é necessária inscrição.

SOBRE OS CONVIDADOS

Antonio Negri (1933) é um filósofo político italiano. Tradutor dos escritos de Filosofia do Direito de Hegel, especialista em Descartes, Kant, Leopardi, Marx e Dilthey, tornou-se inicialmente conhecido no meio universitário sobretudo por seu trabalho sobre Espinosa. Sua atividade acadêmica sempre foi intimamente ligada à sua atividade política. No início do século, Negri ganhou nova notoriedade internacional após o lançamento de seu livro Império (2002). O livro teve grande influência sobre os movimentos críticos à chamada “globalização” e faz parte de uma trilogia completada posteriormente com “Multidão” (2004) e “Commowealth” (2009), todos em coautoria com seu ex-aluno Michael Hardt. Negri já esteve no Brasil algumas vezes, palestrando em diversas escolas e universidades do país e em instituições como o Sesc, entre outras.

Alberto Acosta Espinosa (1948) é um economista e político equatoriano. Ao longo de sua carreira manteve um perfil intelectual de esquerda, simpatizando com o marxismo e, mais recentemente, com o movimento os antiglobalização. Acosta foi um dos redatores do plano de governo Alianza PAIS, que visa estabelecer, gradualmente, um estado socialista no Equador. Posteriormente, foi Ministro de Minas e Energia, e presidente da Assembleia Nacional Constituinte de seu país. Foi candidato à presidência do Equador, nas eleições de 2013, pela Unidad Plurinacional de las Izquierdas, uma coalização de partidos políticos e movimentos sociais. Com Rafael Correa, Fander Falconí, Jeannette Sánchez, Pedro Páez Pérez e outros nomes, é um dos organizadores do livro “Asedios a lo Imposible: Propuestas Económicas en Construcción”. Em 2013, a lançou sua mais importante obra, “O bem viver”, recentemente lançada no Brasil.

 

SOBRE O SEMINÁRIO

O Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea acontece na Escola da Cidade sempre às quartas-feiras, às 18h. Atividade de debates públicos buscando, desde a sua criação, construir um saber integrado e amplo em conexão com as questões mais candentes do presente. Por meio de tais encontros, a Escola da Cidade acredita consolidar sua presença na esfera pública nacional e participar da vida intelectual contemporânea.

Pensado como atividade didática regular, destinada aos alunos da Escola da Cidade, o Seminário é, no entanto, aberto a todos os interessados. Para dúvidas e outras informações, é possível entrar em contato com a coordenação do Seminário pelo e-mail seminario@escoladacidade.edu.br. Não é necessária inscrição prévia.

 

Serviço

Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea / Escola da Cidade
Multidão e Bem Viver – Antonio Negri e Alberto Acosta

 

  • Data: 26/10/16 (quarta-feira)
  • Horário: 18h30
  • Local: Auditório da Biblioteca Mário de Andrade (Rua da Consolação, 94.
  • Informações: seminario@escoladacidade.edu.br / (11) 3258-8108

161021_negriacosta_graf-2