notícias

11.02.2017
INSCRIÇÕES ENCERRADAS para Cursos Livres – Disciplinas Eletivas para Público Externo

Estão ENCERRADAS as inscrições para cursos livres ao público externo, que também são ofertados como disciplinas eletivas aos estudantes da Faculdade. Estes cursos debatem temas variados, como Moradias Tradicionais no Brasil, Arquitetura e Urbanismo Cênico, Proposições para o Espaço Público, Ensaios sobre a Madeira, entre outros.

A carga horária é de 60h, distribuídas ao longo do primeiro semestre (fevereiro a junho), sempre no período da tarde (das 14h às 17h). Ao término do curso, o estudante recebe um certificado de participação.

Inscrições  até sexta-feira, dia 17 de fevereiro.

Confira os cursos oferecidos:

 

ESPAÇO É …

Profs. Coordenadores: Sebastian Beck e José Paulo Gouvêa

Período: Segundas-feiras, das 14h às 17h
Proposta

A disciplina proposta pretende discutir e aprofundar os temas relativos ao universo da espacialidade, a partir do conceito de Cheio e Vazio, através da Teoria e da Prática do projeto. Visa a ampliar a Consciência Espacial do estudante a partir de reflexões sobre o espaço, por meio de aulas teóricas e atividades práticas em laboratório. A disciplina pretende complementar a formação através do aprofundamento conceitual (baseado em aulas teóricas) e prático (baseado na elaboração de maquetes) da atividade de projeto, a partir do conceito de Cheio e Vazio.

 

ENSAIOS SOBRE MADEIRA: SISTEMAS CONSTRUTIVOS E SUSTENTABILIDADE

Prof. Marcus Vinicius Barreto Lima

Período: Segunda-feira, das 14h às 17h
Pretende fornecer subsídios ao estudante que o auxiliem na concepção de projetos arquitetônicos que utilizem sistemas construtivos em madeira. Tratará os assuntos: madeira como material de construção e matéria renovável; método de projeto; sistemas construtivos; sistemas estruturais; estudos de caso; visitas técnicas; exercícios de projeto.

 

O que a cidade e o urbanismo pensam que são? Seminário de leituras selecionadas: Latour, Secchi, Koolhaas, Viveiros de Castro

Professores: Pedro M. R. Sales / Marta M. Lagreca de Sales

Período: Terça-feira, das 14h às 17h
Como provocação ao desenvolvimento de seu próprio desdobramento e extensão, a disciplina propõe seminários de leitura crítica, confrontada, de três autores — Bruno Latour, Bernardo Secchi, Viveiros de Castro e Rem Koolhaas — cujo pensamento e obra incitam e desafiam a imaginação, ao apontar itinerários para o trato das questões que a cidade contemporânea coloca à experimentação e atuação profissional e acadêmica de urbanistas e arquitetos.

 

CIDADE: O NÃO PROJETO A SER PROJETADO

Professores: Marcelo Anaf Wagner, Denis Ferri Silva

Período: Terça-feira, das 14h às 17h
O objetivo da disciplina é discutir e debater os elementos urbanos essenciais que formam a cidade de São Paulo, a fim de compreender o funcionamento dela e como este, por sua vez, forma o espaço do cidadão, que deveria ser diferente do que existe em São Paulo onde, por anos, o espaço público foi mal utilizado.

 

MORADIAS TRADICIONAIS NO BRASIL

Professoras: Glória Kok e Cristina Xavier

Período: Quartas-feiras, das 14h às 17h
Este curso pretende iluminar o tema das moradias tradicionais em diversas épocas e regiões do Brasil, organizado em múltiplas abordagens sobre construções indígenas, caboclas, caipiras, caiçaras, bandeirantes e europeias, levando-se em conta as relações sociais, o espaço, o contexto, as técnicas construtivas, o material utilizado, a arquitetura e os conhecimentos tradicionais. Paralelamente, busca-se tanto incentivar problematizações sobre as políticas públicas contemporâneas de moradia popular que, ao negligenciar as moradias tradicionais, propõem modelos urbanos homogêneos distantes da realidade das populações brasileiras a que se destinam, quanto refletir sobre a produção contemporânea de obras que utilizam materiais naturais e técnicas construtivas locais no Brasil e no mundo.

 

Arte e cidade: proposições para o espaço público

Professor: Pedro Vieira

Período: Quarta-feira, das 14h às 17h
O curso propõe a discussão sobre as relações entre arte e cidade, a partir da produção artística no espaço público. Para além de um inventário de monumentos, busca-se demonstrar como a arte colabora para o fator de urbanidade, uma vez que algumas obras constituem o próprio espaço público – além da própria afinidade que a produção artística (suas poéticas e seus procedimentos projetuais) possui com a arquitetura.

A preservação dessas obras também é tema central da discussão, uma vez que a preservação e o restauro não se limitam ao objeto artístico, mas a um contexto maior, em escala urbana, colaborando, mais uma vez, para a manutenção do espaço público. Serão abordadas obras permanentes e intervenções efêmeras em espaços públicos. Cada uma

dessas categorias abrirá possibilidades diversas de questionamentos

 

ARQUITETURA E URBANISMO CÊNICO Y O TEATRO OFICINA

Professores: Corifeus, Carila Matzenbacher e Marília Galmeister

Período: Quinta-feira, das 14h às 17h
O objetivo do curso é aproximar os alunos de arquitetura do teatro e adentrar seu contexto interdisciplinar, através do contato com seu extenso pensamento crítico acerca da arquitetura, do ato de projetar e das cidades. Conhecer a especificidade do conceito de arquitetura e urbanismo cênico, como pensamento e prática de concepção de

espaços de encenação na perspectiva arquitetônica e urbana. Experimentar o processo de criação de um espaço cênico, passando pela leitura e interpretação de uma peça à sua exposição nas mais diversas linguagens. Nas aulas, os estudantes passarão pela troca, visitação e a criação coletiva que resultarão na encenação/apresentação.

 

A representação do espaço através da fotografia

Professor: Tuca Vieira

Período: Quinta-feira, das 14h às 17h
Tem como objetivo apresentar e analisar, através de casos exemplares, diversas formas de representação do espaço, da arquitetura e da cidade na história da fotografia, desde os primórdios no século XIX até os dias de hoje. Expandir a noção de fotografia de arquitetura para a noção de representação imagética do espaço, utilizando, para isso, exemplos não só da fotografia, mas também da pintura e do cinema, e apoiando-se

em textos teóricos. Discutir conceitos fundamentais para a fotografia como representação, memória, documento, suporte, objetividade e arte; sobretudo no campo da arquitetura e a cidade. Expandir o repertório do aluno, apresentando fotógrafos importantes e suas práticas fotográficas. Apresentar técnicas básicas da fotografia de arquitetura. Capacitar o aluno para analisar e produzir criticamente imagens que representem a arquitetura, a cidade e o espaço.

 

ESTRATÉGIAS DIGITAIS PARA CONSTRUÇÃO DE NARRATIVAS

Professora: Didiana Prata

Período: Quinta-feira, das 14h às 17h
A disciplina propõe a criação de narrativas visuais da cidade de São Paulo, a partir de imagens produzidas ou apropriadas, da rede Instagram. A ideia é explorar as estratégias algorítmicas dos tagueamentos de imagens com a # (hashtag) + palavra-chave e pin de geolocalização, para edição de camadas visuais que representam modos de viver, modos de usar e modos de projetas o espaço urbano. O foco será a produção de linguagem visual, edição e elaboração de produtos gráficos, como zines, fotolivros e mapas iconográficos nas interfaces impressas e digitais. Os estudantes irão lidar com apropriação na obra de arte, estética de banco de dados e cultura remix. O processo de montagem de uma pequena exposição dos trabalhos também fará parte do curso.

 

Documentário em arquitetura: espaço, luz, movimento e tempo.

Professora: Tamara Ka

Período: Sexta-feira, das 14h às 17h
O alvo do curso é a realização de minidocumentários poéticos. Eles poderão abordar seu encontro com alguma figura-chave da arquitetura e seus projetos. Discutirá os diversos aspectos da construção

cinematográfica, a partir de seus elementos de sentido: roteirização, linguagem da câmera, linguagem corporal, cores, luz, linguagem da montagem, sonorização e música, discutindo a estrutura sobre a qual os alunos criarão seus trabalhos. O objetivo desse curso é incentivar a expressão através da imagem audiovisual e da pesquisa da história e da memória através do desenvolvimento da escritura audiovisual.

 

PRÉ-FABRICADOS

Professor: Valdemir Lúcio Rosa

Período: Sexta-feira, das 14h às 17h
Propõe a análise e proposta de sistemas pré-fabricados nas diversas técnicas construtivas, estudo de variações do projeto em função das características técnicas construtivas. Reflexão sobre: técnica / material / mercado /mão de obra / canteiro; construção de modelos em escalas progressivas; fundamentação das escolhas estruturais; técnicas disponíveis no mercado, até onde chegamos e novos caminhos.

 

Para ter acesso à ementa, proposta e bibliografia completas dos cursos, CLIQUE AQUI

CUSTO

  • 5 parcelas de R$ 300 — por curso (disciplina eletiva)

SERVIÇO

  • Data: de Fevereiro a Junho/2017
  • Horário: das 14h às 17h
  • Local: Escola da Cidade (Rua General Jardim, 65)

INSCRIÇÕES

Enviar a ficha de Inscrição preenchida para erikamachado@escoladacidade.edu.br até dia 17/02/17

CLIQUE AQUI para fazer o download da FICHA DE INSCRIÇÃO