notícias

11.10.2017
Curso Livre ‘Arquitetura e Pré-Fabricação’: Inscrições Abertas

Inscrições Abertas até 24 de outubro. Aulas nos dias 27 e 28 de Outubro. Garanta sua inscrição.

A Escola da Cidade promove nos dias 27 e 28 de outubro o Curso Livre “Arquitetura e Pré-Fabricação – projeto e montagem de obras com utilização de componentes pré-fabricados em Madeira, Argamassa Armada, Aço e Concreto”, organizado pelo Instituto Internacional da Madeira (IIM) e ministrado pelos arquitetos Valdemir Lúcio Rosa, Anália Amorim e Ricardo Caruana. O objetivo do curso é capacitar os participantes para o desenvolvimento de projetos em concreto pré-fabricado, argamassa armada, aço e madeira, como também atualizar e ampliar conhecimentos de profissionais que já atuam na área.

No Brasil, a indústria da pré-fabricação de estruturas industrializadas vem, nos últimos anos, ganhando interesse pelo setor da construção e, por este motivo, tem se tornado um mercado promissor para os profissionais da arquitetura e engenharia, que podem desenvolver atividades na área de elaboração de projetos, na produção, e na montagem destas estruturas.

O curso é voltado para estudantes de arquitetura e urbanismo, arquitetos já formados, técnicos especializados, engenheiros e demais profissionais ligados à prática da construção civil. A carga horária será de 12 horas. Inscrições abertas até 24 de outubro.

INSCRIÇÕES

Enviar a ficha de inscrição devidamente preenchida para cezarbrigatti@escoladacidade.edu.br
CLIQUE AQUI e faça o download da Ficha de Inscrição

SERVIÇO

  • Datas: 27 e 28 de outubro de 2017
  • Horário: dia 27 (sexta-feira, das 18h às 22h); 28 (Sábado, das 8h às 12h e das 13h às 18h).
  • Inscrições: até 24.10
  • Local: Escola da Cidade (Rua General Jardim, 65)
  • Valor: R$ 440,00 (público interno) e R$490,00 (público externo).
NOME DO CURSO Arquitetura e Pré-Fabricação – projeto e montagem de obras com utilização de componentes pré-fabricados em Madeira, Argamassa Armada, Aço e Concreto
RESUMO DO CURSO  

No Brasil, a indústria da pré-fabricação de estruturas industrializadas vem, nos últimos anos, ganhando interesse pelo setor da construção e, por este motivo, tem se tornado um mercado promissor para os profissionais da arquitetura e engenharia, que podem desenvolver atividades na área de elaboração de projetos, na produção, e na montagem destas estruturas.

 

OBJETIVO DO CURSO Pretende capacitar os participantes para o desenvolvimento de projetos em concreto pré-fabricado, argamassa armada, aço e madeira, como também atualizar e ampliar conhecimentos de profissionais que já atuam na área.
DATA DE REALIZAÇÃO 27 E 28 DE OUTUBRO DE 2017
PERÍODO DE INSCRIÇÕES Até 24 de outubro de 2017
HORÁRIO Dias 27 (sexta-feira das 18h às 22h) e 28 (Sábado, das 8h às 12h e das 13h às 18h).
PÚBLICO-ALVO O curso é voltado para estudantes de arquitetura e urbanismo, arquitetos já formados, técnicos especializados, engenheiros e demais profissionais ligados à prática da construção civil.
CARGA HORÁRIA A carga horária será de 12 horas, com três aulas de quatro horas cada
NÚMERO DE VAGAS 25
CUSTO (PÚBLICO EXTERNO E ALUNOS , PROFESSORES E EX-ALUNOS DA ESCOLA DA CIDADE) R$ 490,00 – Público Externo

R$ 440,00 – Público Interno (alunos, professores e ex-alunos da Escola da Cidade)

ORGANIZADOR DO CURSO IIM –Instituto Internacional da Madeira

Valdemir Lúcio Rosa

ANÁLIA MARIA MARINHO DE CARVALHO AMORIM

RICARDO CARUANA

 

MINI CURRÍCULO DO ORGANIZADOR Valdemir Lúcio Rosa, arquiteto e urbanista, com graduação PUC-Campinas. Epecialista em Arquitetura, Educação e Sociedade. Docente na Escola da Cidade, na área de Tecnologia. Desde 1983 atua com pesquisas e projetos de Pré-Fabricação com Argamassa Armada, Aço e Concreto; Gerenciamento de fábricas de pré-fabricados e da Fábrica de  Escolas em Campinas (1991/1993), coordenada pelo Arq. João Filgueiras Lima (Lelé). Desenvolveu estudos de Habitação para o Haiti e sistemas Pré-Fabricados para Nigéria. Autor de projetos e execução de escolas em Campinas e região; projeto de HIS em Itaquaquecetuba; projeto de recuperação de área de ocupação em Brasília (1999). Chefe de Habitação na Prefeitura de São Roque-SP (2001/2003). Sócio/Diretor de Fábrica de Pré-Fabricados em Paulínia (2003/2010). Sócio/Diretor da VLR Arquitetura e Urbanismo desde 1999.

 

ANÁLIA MARIA MARINHO DE CARVALHO AMORIM. Graduação em Arquitetura pela Universidade Federal de Pernambuco (1983). Mestrado e Doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (1993 e 1998). Livre Docente em Ensino da Concepção Estrutural ao Estudante de Arquitetura, junto à área de Conhecimento de Projeto de Edificações do Departamento de Projeto pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2016). Atualmente é professora da Escola da Cidade e do Departamento de Projeto da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo.

Desde 1996 é presidente da Associação de Ensino de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo, mantenedora da Escola da Cidade e demais Conselhos.

Mantém atividades de projeto no seu escritório desde 1984.

 

RICARDO CARUANA . Arquiteto pela  Escola Especial de Arquitetura de Paris. Mestre em estruturas de madeira  pela Escola Politécnica de Lausanne. Projetou mais de 150 obras nas áreas comercial, residencial e de equipamentos urbanos. Como arquiteto projetista, trabalhou nas equipes de Oscar Niemeyer na Argélia, José Zanine no Rio de Janeiro, Bahia e Amazonas e colaborou com Julius Natterer, em Lausanne.

Como secretário de planejamento urbano, projetou a duplicação da cidade de San Martin de los Andes.

Venceu concursos de arquitetura dos Parques Nacionais na patagônia argentina e na Havana em Cuba.

Ensinou, promoveu workshops e ministrou conferências nas Universidades de Taubaté, Florença, Viena e Lausanne. É cofundador e codiretor da Escola da Cidade, em São Paulo, e presidente do IIM – Instituto Internacional da Madeira. Seus trabalhos estão publicados na imprensa especializada nacional e internacional, no SENAC e na UNESCO.

Seu escritório em São Paulo, o CARUANA Arquiteturas, otimiza a associação da madeira com o aço e o concreto na construção civil em termos socioambientais, econômicos, técnicos e estéticos.