notícias

20.04.2016
Curso Livre gratuito sobre mobiliário urbano ‘Cultura, Objeto e Indústria’ – Inscrições Abertas

A Escola da Cidade, em parceria com o Sesc São Paulo, promove de maio a setembro, o curso livre gratuito sobre mobiliário urbano Cultura, Objeto e Indústria, organizado pelos professores Rafic Farah, José Paulo Gouvêa, Alexandre Benoit e Marina Canhadas. 

Embora exista no Brasil uma tradição de desenho de mobiliário na escala doméstica desde a década de 50, a produção do desenho de mobiliário coletivo, próprio do espaço público, configura um verdadeiro campo cego. Como é possível existir mobiliário para espaços de uso comum se as nossas cidades renegaram por décadas tais lugares?

Hoje, por outro lado, há uma redescoberta da cidade, do espaço urbano e de suas potências; momento em que o desenho de mobiliário de uso coletivo ganha um amplo espaço de desenvolvimento. Qual mobiliário? Para qual cidade? Para qual cultura? Esse curso tem como objetivo investigar tais questões, operando entre a escala da prancheta, do projeto e do protótipo, sua interface com a indústria e com quem constrói, com os usuários e com a dimensão cultural histórica nela envolvida. Para isso, se organiza em aulas teóricas e práticas sobre cultura, história do objeto e do mobiliário, no contexto das cidades brasileiras, além de visitas a fábricas e produção de protótipos em indústrias conveniadas.

O curso livre acontece às terças-feiras, no período da manhã, na Escola da Cidade, durante os meses de maio, junho, agosto e setembro.

INSCRIÇÕES

Enviar os seguintes documentos para cezarbrigatti@escoladacidade.edu.br

  • Ficha de Inscrição devidamente preenchida
  • Curriculum Vitae
  • Carta constando as razões que levam à participação no curso (máx. 30 linhas)

Clique Aqui para fazer o download da Ficha de Inscrição

DATA DE REALIZAÇÃO Terças-feiras dos meses de maio, junho, agosto e setembro de 2016

Início: 02/05/16

CRONOGRAMA DE INSCRIÇÕES 15 de abril: divulgação do curso

20 de abril: aula explicativa do curso – 17h30 na Escola da Cidade

25 de abril: limite para apresentação da carta de intenção e currículo

27 de abril: divulgação dos alunos selecionados – a partir das 14 horas

02 de maio: início das aulas

HORÁRIO Das 9h às 13h
LOCAL Escola da Cidade
PÚBLICO-ALVO Estudantes de Arquitetura e Urbanismo
NÚMERO DE VAGAS 30 vagas

20 para estudantes da Escola da Cidade

10 vagas para estudantes de Arquitetura de outras Instituições

CUSTO  Gratuito
ORGANIZADORES Rafic Farah, José Paulo Gouvêa, Alexandre Benoit e Marina Canhadas.

 

Rafic Jorge Farah formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, conduz desde 1979 o estúdio São Paulo Criação, realizando projetos de comunicação em diversas áreas: arte, design gráfico, editorial, filmes, roteiros, fotografia, arquitetura, design de mobiliário e de objetos. Recebeu diversos prêmios nacionais e em mostras internacionais. Destaque na 6ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo e o Prêmio Design do Museu da Casa Brasileira. Em 2000, publicou o livro síntese de sua obra ‘Como Vi: O design de Rafic Farah’ (Cosac&Naify), hoje referência no mercado editorial de livros de arte e criação de mobiliário. É um dos fundadores e diretores da Escola da Cidade.

José Paulo Gouvêa é arquiteto e doutorando pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Professor de Projeto da Escola da Cidade desde 2008, onde atualmente é editor da Editora da Cidade. Recebeu diversos prêmios, dentre os quais o de Primeiro colocado no Concurso Renova-SP da Sehab (2011), e menção honrosa pelo Pavilhão do Brasil na Expo 2015 de Milão (2014). Colaborou com Barossi e Nakamura Arquitetos, Heberle und Meyer, GrupoSP, MMBB, Piratininga Arquitetos, Paulo Mendes da Rocha, entre outros. É autor, junto com Catherine Otondo, do livro ‘Itinerários de Arquitectura IT06: Paulo Mendes da Rocha’, e diretor do documentário ‘PMR 29: 29 minutos com Paulo Mendes da Rocha’. Coordena o escritório JPG.ARQ, na cidade de São Paulo, desde 2005.

Alexandre Benoit é formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP e é doutorando pela mesma Instituição, na área de História da Arte Moderna. Editor da Contravento, plataforma de reflexão crítica sobre as cidades. Professor da Escola da Cidade na cadeira de Desenho, desenvolveu a disciplina de Desenho do Objeto. Ministrou, com Bruno Lima e Alex Tonda, o curso de design de mobiliário no Sesc Pompeia (2015). Entre 2012 e 2014, participou da coordenação de criação da Flip (Festa Literária Internacional de Paraty), desenvolvendo projetos nas áreas de comunicação visual, sinalização, design do objeto e cenografia.

Marina Canhadas é formada em Arquitetura pela Universidade Mackenzie, fez especialização na pós-graduação ‘Geografia, cidade e Arquitetura’, da Escola da Cidade [2010]. Colaborou em diversos escritórios de arquitetura em São Paulo e na Cidade do México. Atualmente se dedica a trabalhos de autoria própria e em livres associações com outros arquitetos, desenvolvendo projetos de arquitetura, design gráfico e desenho de mobiliário. No campo acadêmico é professora assistente da disciplina de Desenho do Objeto, na Escola da Cidade, e desenvolve mestrado na área de projeto de arquitetura na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, sobre a obra do arquiteto mexicano Luis Barragán.

 

Cartaz_FLYER