notícias

09.02.2015
Premiações 2014

Ao longo de 2014 foram muitas as premiações em que figuraram professores e ex-alunos da Escola da Cidade. Confira os destaques de 2014:

PARQUE DO MIRANTE (SP)

O projeto vencedor do concurso realizado pela prefeitura de Piracicaba (SP), para revitalização do Parque do Mirante é assinado pelo arquiteto Pedro Fernandes de Bona, e teve a participação da arquiteta Camila Leibholz, ambos ex-alunos graduados em 2013.

Neste mesmo concurso, também foi concedida menção honrosa ao escritório Apiacás arquitetos, dos professores Anderson Fabiano Freitas e Pedro Barros.

O Concurso foi promovido pela Prefeitura do Município de Piracicaba, com a parceria de várias Secretarias e Autarquias, e do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento de São Paulo – IABsp. O Concurso Nacional teve como objetivo a seleção de projetos de arquitetura para a requalificação de um importante espaço público da cidade, o Parque, que é um patrimônio natural, histórico, cultural e turístico do município.

Mais informações, clique aqui

 

MIS PRO (RJ)

O concurso nacional de arquitetura MIS PRO para o edifício do Museu da Imagem e do Som, organizado pelo Departamento Rio de Janeiro do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ) e promovido pela Secretaria de Estado da Cultura do Rio de Janeiro, faz parte de um plano em desenvolvimento para tornar o MIS referência internacional sobre a cultura brasileira. Lançado em setembro, o concurso anunciou os vencedores no mês de dezembro.

O trabalho do professor Silvio Oksman, em conjunto com os arquitetos Beatriz Vicino, Marjorie Nasser Prandini e Vito Macchione, do escritório Metrópole Arquitetos, venceu o concurso. A primeira menção honrosa foi concedida ao estudo dos arquitetos Pablo Hereñú e Eduardo Rocha Ferroni, ambos docentes da Faculdade.

Mais informações, disponíveis aqui 

 

BIBLIOTECA NACIONAL (RJ)

Ainda em dezembro foram anunciados os vencedores do “Concurso Anexo da Biblioteca Nacional (RJ)”, que prevê a reforma e ampliação do Anexo da Biblioteca Nacional no Porto Maravilha.

Em segundo lugar ficou o projeto da arquiteta Helena Aparecida Ayoub Silva, que conta com coautoria de Bruno Valdetaro Salvador, Cesar Shundi Iwamizu (professor), Eduardo de Almeida e Eduardo Pereira Gurian (professor), e tem o monitor Francesco Perrota Bosch dentre os colaboradores. Do grupo de estagiárias faz parte ainda Valeria Waligora, ex-aluna.

Mais informações, clique aqui

 

MUSEU DA DIVERSIDADE SEXUAL (SP)

Em novembro, o Museu da Diversidade Sexual de São Paulo anunciou o resultado do concurso que elegeu o projeto arquitetônico e de restauro para o sua nova sede. O escritório paulistano Hereñu + Ferroni Arquitetos, dos professores Pablo Hereñu e Eduardo Ferroni venceu a competição. Atualmente instalada em uma sala expositiva da estação República do metrô, a instituição será transferida para o Casarão Franco de Mello, na Avenida Paulista. Além do restauro do edifício histórico – tombado pelo Condephaat em 1992 –, a proposta também inclui a construção de um prédio anexo e um programa paisagístico para o terreno.

O escritório SIAA, do professor Cesar Shundi, também foi premiado neste concurso, com uma menção honrosa.

Mais informações, clique aqui 

 

MERCADO PÚBLICO DE LAGES (SC)

O Concurso Nacional de Arquitetura para o Mercado Público de Lages – SC anunciou os ganhadores em outubro e, classificado em terceiro lugar, figura o grupo liderado pelo professor Cesar Shundi.

O objeto deste Concurso foi selecionar o melhor Projeto de Arquitetura para a Adequação e Requalificação do Mercado Público de Lages. O IAB de Santa Catarina foi a entidade organizadora desta seleção e teve como entidade promotora o município de Lages, por meio de sua Secretaria Municipal de Planejamento.

Mais informações disponíveis aqui

 

ANEXO BNDES (RJ)

O Concurso Público de Arquitetura Anexo BNDES, com resultados divulgados em setembro, premiou, em segundo lugar grupo em que faziam parte os arquitetos Anna Juni, Enk te Winkel, Gustavo Delonero, Pedro Ivo Freire (ex-aluno) e que contou ainda com o modelo físico de Guilherme Tanaka (ex-aluno) e de desenho gráfico de Júlia Masagão (ex-aluna).

Para atender à demanda espacial advinda do crescimento do seu quadro de empregados e otimizar a operação da instituição, o BNDES construirá edifício em lotes contíguos ao Edifício de Serviços do Rio de Janeiro (EDSERJ).

Mais informações AQUI

 

O MELHOR DA ARQUITETURA

Em novembro aconteceu a sétima edição do Prêmio “O Melhor da Arquitetura”, organizado pela revista Arquitetura & Construção, que prestigia projetos arquitetônicos realizados no Brasil e destaca a criatividade dos arquitetos do país. Diversos docentes da Escola estiveram entre os premiados. Na categoria Lojas, o Studio mk27, do professor Marcio Kogan, foi vencedor com a Livraria Cultura.

Na categoria Bares e Restaurante, o escritório Apiacás arquitetos (Anderson Freitas e Pedro Barros) foi o vencedor, com o Bar Mundial.

Piratininga Arquitetos Associados e o JPG.ARQ, este último coordenado pelo professor José Paulo Gouvêa, foram os premiados em ‘Reforma de Apartamento’, com o apartamento rua Pirapetinga. Com a Casa VRP, o escritório Figueroa.Arq, em que atuam os professores Mario Figueroa e Marcus Vinicius Damon, foi vencedor na categoria ‘Reforma de Casa’.

Mais informações, no site da premiação

 

CENTRO CULTURAL PARATY (RJ)

No início de 2014, professores da Faculdade também se destacaram no “Concurso para Centro Cultural de Eventos e Exposições (CCEE)”, para projetos em Paraty. O Centro irá colaborar decisivamente com o desenvolvimento do turismo de lazer e de eventos dessa importante cidade do cenário nacional, tornando Paraty um diferenciado pólo turístico durante o ano inteiro. Em segundo lugar ficou classificado grupo liderado pelo professor Anderson Fabiano Freitas, com coautoria de Acácia Furuyae e do professor Pedro Barros.

Mais informações, clique aqui  

 

ENSAIOS URBANOS (SP)

O “Concurso Nacional Ensaios Urbanos: desenhos para o Zoneamento de São Paulo”, promovido pela Prefeitura de São Paulo e organizado pelo IABsp, teve por objetivo democratizar e qualificar o debate sobre o ordenamento territorial, abrindo um espaço de contribuição dos arquitetos para subsidiar o processo participativo de revisão do Zoneamento.

Realizado no início de 2014, fomentou o desenvolvimento de estudos de parâmetros normativos para a configuração edificada de lotes, quadras e unidades territoriais com vistas a subsidiar os debates públicos relacionados à revisão de normas de parcelamento, uso e ocupação do solo. Professores e ex-alunos figuram entre os premiados. Na modalidade 1: Padrões Urbanísticos Gerais de Configuração Urbana, foi concedida premiação ao projeto dos autores Jorge Pessoa de Carvalho, Catherine Otondo e da professora Marina Mange Grinover. Fez parte da equipe, ainda, a ex-aluna Carolina Sacconi.

Recebeu menção honrosa, nesta modalidade, o trabalho dos professores Felipe Noto e Maira Rios, em conjunto com demais arquitetos.

Na modalidade 2: Padrões Urbanísticos específicos para unidades territoriais selecionadas, foram premiados grupos cujos autores são os professores Luís Octávio de Faria e Silva, Ruben Otero e Ciro Pirondi.  Outro premiado foi o grupo dos professores Newton Massafumi Yamato e da arquiteta Tânia Reina Parma, com participação das ex-alunas Carolina Scatolini e Thais Piva Reyes.

Ainda nesta categoria foi concedida menção honrosa ao grupo do professor Silvio Oksman, em conjunto com as ex-alunas Beatriz Vicino e Vanessa Mendes.

Mais informações, clique aqui